João Marchante

My blogs

About me

Industry Arts
Occupation Letras
Location Lisboa, Portugal
Introduction João Miguel Costa Pinto Marchante, desde muito novo, cultiva a estética e o espírito, através do seu gosto pelas mulheres e pelos livros. O que, aliás, só lhe tem valido desconfiança, por parte dos que preferem o pontapé na bola e na gramática. Quando, muito cedo também, igualmente na adolescência, raciocinando pela sua própria cabeça e seguindo o seu coração, se confirmou católico e se revelou nacionalista e monárquico, o espanto e a admiração geral aumentaram entre as massas acéfalas que adoptavam as modas políticas da época. Conjugando o pensamento e a acção, logo se fez militante da causa de Deus, Pátria e Rei, coisa considerada bizarra nos antros artísticos que, por amor à arte e especialmente à boémia, frequentou e frequenta. Por outro lado, participa com honra e proveito em várias tertúlias de homens cultos, porque acredita que a boa mesa fortalece o corpo e a boa conversa alimenta a alma — e vice-versa. Continua ainda, hoje e sempre, a crer nos valores eternos e a querer que eles sejam veiculados de formas modernas; e, nesse sentido, prossegue a sua pessoalíssima demanda em busca da síntese — superadora de contrários e transcendente — entre tradição e vanguarda.