Mário Orestes Silva

My blogs

Blogs I follow

About me

Gender MALE
Industry Non-Profit
Occupation Administrador
Location Manaus, Amazonas, Brazil
Links Audio Clip
Introduction Deuses voavam pela Terra numa nave. Tiveram a idéia de aproveitar um coito humano e gerar uma vida experimental. Enquanto olhavam, invisíveis ao coito, divagavam: – Vamos dar-lhe senso crítico apurado pra detratar toda sua espécie. Também daremos dons artísticos. Terá sex appeal e humor sarcástico. Ficará interessante. Não pode ser perfeito. O último assim, tivemos de levar à inquisição. Será maníaco depressivo e solitário. Daremos alguns vícios que perderá com a idade pra não ter de morrer por eles. Perderá seu tempo com trabalho voluntário e consumindo arte. Voltaremos numas décadas pra ver como estará. Assim foi gerado Mário Orestes. Décadas depois, olharam como estava aquela espécie experimental: - O que há de errado? Porque ele ficou assim? Criamos um monstro! É anti social. Acumula material obsoleto que chamam de música analógica. Renega o título de artista pelo egocentrismo em seus semelhantes. Matamos? - Não. Ele já tentou isso sem sucesso. O Deixaremos assim mesmo. Na loucura que criamos pra vermos no que dará, se não matarem ele. Já tentaram isso, também sem sucesso. Então ficará nesse carma mesmo. Em algumas décadas, voltaremos a olhar o resultado. Que se dane.
Interests Discos de vinil, hetero sexo e rock'n roll
Favorite Movies "Clube da Luta", "The Wall", "A Encruzilhada", "Zeitgeist - The Movie", "Laranja Mecânica", "Akira", "Arquivo X - The Movie", "Ghost In The Shell", "Memories", "Heavy Metal" e "Tropa de Elite 2".
Favorite Music "Qual Violência" (do Cólera), "Charlie's Watching" (do Toy Dolls), "Lobo Expiatório" (do Camisa de Venus), "Garden Of Serenity" (dos Ramones), "Proteção" (do Plebe Rude), "Fast As a Shark" (do Accept), "Quem Tem Medo de Brincar de Amor" (dos Mutantes), "Broken Nose" (do Catherine Wheel) e "Ninguém Vai Sair Vivo Daqui" (de Marcelo Nova).
Favorite Books "1984" (de George Orwell), "Hitler Ganhou a Guerra" (de Walter Graziano), "Eram Os Deuses Astronautas" (de Erik Von Daniken), "O Paradigma Holográfico" (vários autores), "O Príncipe" (de Nicolau Maquiavél, com comentários de Napoleão Bonaparte), "A Arte Da Guerra" (de Sun Tzu), "O Mundo Assombrado Pelos Demônios" (de Carl Sagan), "Coração Envenenado - Minha Vida Com Os Ramones" (de Dee Dee Ramone), O "Alienista" (de Machado de Assis) e "Bilhões e Bilhões" (de Carl Sagan).