ze

My blogs

About me

Introduction Esopo Buddhista, essencialmente. Oriente e Ocidente juntos desde sempre. Vários dos Jatakas vão se mostrar Fábulas de Esopo. Escravo estrangeiro criticando os de Delphos é lá apedrejado do alto do precipício, mártir buddhista em singular Sangha grega: ele fala de Zeus e de Hermes. Esopo Frígio, Phrigu, Bhrigu; filho de Bhrigu, Brahmin e Rishi. O fato de Esopo ser cronologicamente anterior a Gautama apenas comprova a antiguidade do Buddhismo adotado por Siddartha. S. Francisco quando veio do Oriente trouxe a Tigela e o hábito oriental (hinduísta e budista) de colher a oferta do dia. Buddha, Dharma e Sangha são as três contas na linha acima desenhada. Dharma é Lei neste sentido antigo de Dever, como em swadharma, vocação. Sangha, Igreja. Buddha Eterno. A reprodução da doutrina oriental das castas, raças, ashramas, degraus, na República de Plato, também, denota esta existência de Oriente dentro do Ocidente. A presença da mesma doutrina no profeta grande Daniel da Bíblia confirma a mesma unidade. (o tradutor José A. de O. Fonseca zefonseca3@gmail.com é graduado e pós graduado em história antiga e medieval e em teologia, tudo no estado do Rio de Janeiro)