André Imaginário

My blogs

Blogs I follow

About me

Industry Environment
Occupation Gritar silêncios
Location Vila do Conde, Portugal
Introduction Ser poeta é tocar em Deus e descobrir que ele não existe. É ser actor, e perder em cada personagem um pouco mais de si. A dado momento, a folha solta de papel, multiplica-se, formando um monte de folhas guardadas no baú de cor desbotada. Poemas escondidos, fragmentos de si mesmo e assustadoramente diferentes entre eles. Estranhamente distintos ou normalmente desiguais. É como viver numa sala de espelhos, onde enxergamos várias projecções desfocadas de um eu descaracterizado.
Interests Voar livremente e zumbir ao ouvido dos outros