GaLLo

My blogs

About me

Gender MALE
Industry Communications or Media
Location Caxias do Sul, RS, Brazil
Introduction Nasci no meio do campo Na costa do banhadal Dentro dum rancho barreado De chão duro e desigual Meu berço foi um pelêgo Sobre um couro de bagual. Bebi leite na mangueira Numa guampa remachada E acavalo num tição Me aquentei de madrugada Enquanto o vento assobiava Nos campos brancos de geada. Brinquei com gado de osso Na sombra do velho umbu E assim volteando um amargo E o churrasco meio cru Fui crescendo e me orgulhando De ter nascido um chirú. Depois de andar gauderiando Por muita querência estranha Hoje vivo no meu rancho Na humildade da campanha Junto a chinoca querida E um cusco que me acompanha. É meu vizinho de porta Um casal de quero-quero Por isso embora índio pobre Bem rico me considero. Tendo china, pingo e cusco No mundo nada mais quero. Na estaca em frente do rancho Dorme o pingo, meu amigo Companheiro que eu adoro, Prenda guasca que bendigo Pois alegrias e penas Sempre reparte comigo.